Pular para o conteúdo principal

Projeto Currículo Global Para a Sustentabilidade

Os 8 Conceitos Chave do Projeto Currículo Global Para a Sustentabilidade

1- Resolução de Conflitos

Compreender a natureza dos conflitos, seu impacto no desenvolvimento e porque é preciso para manejá-los e promover a harmonia

  • Conhecer diferentes exemplos de conflitos locais, nacionais e internacionais e diferentes formas de resolvê-los.
  • Compreender que há escolhas e conseqüências para os outros ao se lidar com conflitos.
  • Compreender a importância do diálogo, tolerância, respeito e empatia
  • Desenvolver habilidades de comunicação, advocacia, saber defender pontos de vista, negociação, compromisso e colaboração
  • Reconhecer que o conflito pode ser potencialmente criativo
  • Compreender algumas formas pelas quais o racismo se manifesta e responder a elas
  • Compreender que os conflitos podem ter impacto sobre pessoas, lugares e ambientes, localmente e globalmente

2- Justiça Social

Compreensão da importância da Justiça Social como u elemento tanto do desenvolvimento sustentável como da melhoria do bem estar das pessoas

  • Valorizar a justiça social e compreender a importância disso para assegurar equidade, justiça, para todos dentro das sociedades e entre elas
  • Reconhecer o impacto da desigualdade de poder e da desigualdade no acesso aos recursos
  • Considerar que as ações têm conseqüências intencionais e não intencionais nas vidas das pessoas e apreciar a importância de escolhas informadas
  • Desenvolver motivação e compromisso para realizar ações que contribuam para um mundo mais justo
  • Desafiar o racismo e outras formas de discriminação, desigualdade e injustiça
  • Compreender e valorizar a igualdade de oportunidades
  • Compreender como injustiças do passado afetam as políticas contemporâneas locais e globais

3- Valores e Percepções

  • Desenvolver uma avaliação crítica das representações de temas globais e uma apreciação dos efeitos que eles têm nas atitudes e valores das pessoas
  • Compreensão de que as pessoas têm diferentes valores, atitudes e percepções
  • Compreender a importância e o valor dos direitos Humanos
  • Desenvolver múltiplas perspectivas e novas formas de perceber eventos, temas, problemas e opiniões
  • Questionar e desafiar pressupostos e percepções
  • Compreender o poder da mídia de influenciar percepções, escolhas e estilos de vida
  • Compreender que os valores que as pessoas tem, moldam as suas ações
  • Usar diferentes temas, eventos e problemas para explorar as percepções que as crianças e os jovens têm sobre seus próprios valores e crenças, bem como sobre os valores e crenças dos outros

4- Desenvolvimento Sustentável- Sustentabilidade

  • Compreensão da necessidade de manter e melhorar a qualidade de vida hoje, sem prejudicar o planeta e inviabilizá-lo para as futuras gerações
  • Reconhecer que alguns dos recursos do planeta são finitos e portanto devem ser usados de forma responsável por cada um de nós
  • Compreender as interconexões entre as esferas sociais, econômicas e ambientais.
  • Considerar futuros prováveis e preferíveis e considerar como realizar o futuro preferível
  • Avaliar que desenvolvimento econômico é apenas um aspecto da qualidade de vida
  • Respeitarem-se uns aos outros
  • Apreciar a importância do uso sustentável de recursos- repensar, reduzir, reparar, re-usar, reciclar – e obter materiais de fontes administradas sustentavelmente

5-Interdependência

Compreensão de como as pessoas, lugares, economias e ambientes estão todos intrinsecamente relacionados, e que escolhas e eventos tem repercussão em escala global

  • Compreender o impacto da globalização e que escolhas feitas tem conseqüências em diferentes níveis, do pessoal ao global
  • Valorizar os elos entre as vidas dos outros e as nossas próprias vidas enquanto crianças, jovens ou adultos.
  • Compreender a influencia que diversas culturas e idéias (políticas, sociais, religiosas, econômicas, legais, tecnologias e científicas) têm umas sobre as outras e valorizar a complexidade da interdependência.
  • Compreender como o mundo é uma comunidade global e o que significa ser um cidadão
  • Compreender como ações, escolhas e decisões tomadas em um país podem impactar positiva ou negativamente a qualidade de vida das pessoas em outros países

6-Direitos Humanos

Conhecer sobre direitos Humanos, inclusive a Convenção das nações Unidas sobre os Direitos da Criança e o ECA

  • Valorizar nossa humanidade comum e o significado de direitos humanos universais
  • Compreender direitos e responsabilidade de um contexto global e a inter relação entre o global e o local
  • Compreender que há direitos e responsabilidades (deveres) competindo em diferentes situações e conhecer as situações em que direitos humanos estão sendo ao mesmo tempo negados e reivindicados localmente e globalmente
  • Compreender os direitos humanos como uma estrutura que desafia desigualdades e preconceitos, como o racismo
  • Conhecer a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito das Crianças e o ECA
  • Compreender a universalidade e a indivisibilidade dos direitos humanos

7- Diversidade

Compreender e respeitar diferenças e relacioná-las à nossa humanidade comum

  • Apreciar semelhanças e diferenças ao redor do mundo e no contexto dos direitos humanos
  • Compreender a importância de respeitar diferenças em cultura, costumes, e tradições e como as sociedades são organizadas e governadas.
  • Desenvolver um senso de grande admiração e respeito pela diversidade de povos e ambientes no mundo
  • Valorizar a biodiversidade
  • Compreender o impacto do ambiente em culturas, economias e sociedades.
  • Valorizar diferentes perspectivas sobre assuntos globais e como as iden3tidades afetam opiniões e perspectivas
  • Compreender a natureza dos preconceitos e da discriminação e como podem ser desafiadas e combatidas

8- Cidadania Global

Construir conhecimento, habilidades e compreensão dos conceitos e instituições necessários para tornarem-se cidadãos informados, ativos, responsáveis

  • Desenvolver habilidades para avaliar informação e diferentes pontos de vista sobre temas globais por meio da mídia e de outras fontes.
  • Aprender sobre instituições, declarações e convenções e sobre o papel de grupos, ONGs e governos sobre os temas globais
  • Desenvolver a compreensão de como e porque decisões chave são feitas
  • Valorizar e escutar as opiniões e preocupações das crianças e jovens, pois elas importam; valorizar a tomada de ação responsável, que possa influenciar e afetar os temas globais
  • Considerar o contexto global e local, os temas nacionais e as decisões a respeito, a nível pessoal e social
  • Compreender os papéis da linguagem, lugar, artes, religião, na construção de sua própria identidade e na dos outros.

Comentários

  1. Olá Sueli, adorei o Projeto, está na hora de começar a praticar,bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa!Que bom em professora muito mais pratico :)))

    ResponderExcluir
  3. oi professora eu sou o mateus do 6°b do luiza hidaka. achei mais facíl. :)

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei seu Blog professora,ficou muito mais prático para a pesquisa beijoos :))

    ResponderExcluir
  5. Oi,professora!
    Como o comentario do Anônimo foi muito mais pratico :))
    Professora poderia seguir tambem o blog de uma amiga minha?
    http://tdjuntomisturad.blogspot.com.br/
    ....
    Desde de já agradeço
    Sua aluna Allanis 6ºAno B

    ResponderExcluir
  6. oi professora achei muito mais pratico sou seu aluno no luiza hidaka sou o mateus guttierrez pires do 6 °b.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Atividades para Coordenação Motora Fina

Rastreamento é uma técnica simples para ajudar as crianças na coordenação motora fina. A técnica trabalha as habilidades motoras finas como a coordenação olho-mão e o início escrita.

A técnica é bastante simples. Você deve dar a cada criança pelo menos três cores diferentes de lápis de cor para formas, números e letras de forma para realização da técnica de rastreamento.


Técnica rastreamento da primeira letra do nome do aluno com ajuda do pontilhado.
As crianças começam por traçar com o dedo
Em seguida, as crianças usam uma cor de lápis e traçar os contornos. Em seguida, as crianças usam a segunda cor para rastreá-lo novamente. Em seguida, eles usam a cor de terceiros para traçar os contornos mais uma vez. -Separar objetos pequenos por cores.trabalhar o movimento pinça fina com o dedo indicador e polegar
- objetos pequenos para trabalhar movimentos finos.Treinar os números e associar a quantidade.

- Trabalhar os movimentos finos como alinhavo,tecelagem (com a tela talagarça) ou uma cesta co…
Encaixe dos palitos de Picolé no pote com um furo




Alinhavo de canudinhos, miçangas ou macarrão




Jogo de Mosaico -peças pequenas de legos











Ferramentas para pintura - esponjas de formas diferentes e pincéis.
O ATO DE ESCREVER A MÃO É UM EXERCÍCIO PARA O CÉREBRO
A tecnologia está cada vez mais presente em nosso cotidiano. A maioria de nossos textos são produzidos via teclado, isso é bom ou é ruim? No Brasil já existem escolas que disponibilizam laptops aos alunos; mas, de acordo com a neurocientista Karin Harman...
Na metade do ano de 2011 alguns jornais anunciavam o fim da escrita cursiva na maioria das escolas dos EUA. Entretanto no início do ano (2012) a neurocientista Karin James Harman apresentou um projeto no sentido de conscientização de qual o papel da escrita no processo de aprendizagem.
Apesar de grande debate, Harman testemunhou a favor da inclusão da escrita cursiva nos currículos de todas as escolas públicas. Para a realização da pesquisa, as crianças escreviam cartas à mão e depois submetiam-se a uma ressonância magnética. Nestas, a atividade neural no cérebro mostrava-se mais avançada do que aquelas que digitavam no teclado. “A caligrafia envolve circuitos cerebrais diferentes …