Pular para o conteúdo principal

Florais de Minas/ Tratamento

ALGUNS CASOS E SINTOMAS TRATADOS COM FLORAIS:
1)- crianças muito dependentes dos pais; 2)- crianças em períodos de adaptação escolar, mudanças de escola, de casa, de trabalho, puberdade, gravidez, menopausa, divórcio etc; 3)- timidez, às vezes submisso, descuida-se de si para agradar os outros, geralmente são pessoas exploradas, pessoas fracas, influenciáveis facilmente; 4)- repetição de erros, lento no aprender, falta de observação ou interesse, não aprende com os erros.; 5)- sem concentração, distraído, desligado, fantasioso, apatia; 6)- crianças e adolescentes que passam muito tempo no quarto sozinhos e isolados; 7)- pais que já perderam a paciência com os filhos; 8)- alunos que estão para prestar o vestibular e ainda não se decidiram quanto à carreira; 9)- alunos que ficam inseguros nas provas; 10)- crianças que não tem iniciativa de fazer as tarefas escolares, deixam tudo para depois; 11)- não conseguem terminar as tarefas; 12)- alunos também com baixa auto-estima que se sentem fracassadas; 13)- alunos com baixa auto-estima que não tem vontade de continuar diante do fracasso; 14)- alunos que não tem confiança em si mesmos, em situações como falar em público; 15)- preocupação excessiva com os outros, medo exagerado que aconteça o pior às pessoas que ama; 16)- Medos vagos e indefinidos, ansiedades, tremores, maus pressentimentos; 17)- abandonos na infância; 18)- abuso sexual; 19)- agitação noturna; 20)- agitação psicomotora; 21)- agressividade; 22)- falta de atenção; 23)- autismo (apoio); 24)- baixa auto-estima; 25)- dificuldade em conviver em grupo; 26)- insegurança; 27)- deficiência mental (apoio); 28)dificuldade de efetuar trabalhos de comando; 29)- imaturidade física e psíquica; 30)- dislexia (apoio); 31)- falta de concentração; 32- esquizofrenia (suporte); 33)- pessoas infantis que não querem crescer, não assumem responsabilidades perante a vida.; 34)- enurese noturna; 35)- gagueira; 36)- sentimento de não pertencer ao grupo familiar; 37)- lentidão; 38)- hiperatividade; 39)- infantilidade; 40)- medos; 41)- mongolismo (suporte); 42)- preguiça (depressão camuflada); 43)- sentimento de inferioridade.

Comentários

  1. Ola,Sueli , tudo bem, quero parabeniza-la pelo dia Internacional da Mulher e pelo seu lindo trabalho, adorei o artigo sobre as dificuldades de aprendizagem, e a eficacia dos florais.

    Abraços Fraternal

    Cilene

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Atividades para Coordenação Motora Fina

Rastreamento é uma técnica simples para ajudar as crianças na coordenação motora fina. A técnica trabalha as habilidades motoras finas como a coordenação olho-mão e o início escrita.

A técnica é bastante simples. Você deve dar a cada criança pelo menos três cores diferentes de lápis de cor para formas, números e letras de forma para realização da técnica de rastreamento.


Técnica rastreamento da primeira letra do nome do aluno com ajuda do pontilhado.
As crianças começam por traçar com o dedo
Em seguida, as crianças usam uma cor de lápis e traçar os contornos. Em seguida, as crianças usam a segunda cor para rastreá-lo novamente. Em seguida, eles usam a cor de terceiros para traçar os contornos mais uma vez. -Separar objetos pequenos por cores.trabalhar o movimento pinça fina com o dedo indicador e polegar
- objetos pequenos para trabalhar movimentos finos.Treinar os números e associar a quantidade.

- Trabalhar os movimentos finos como alinhavo,tecelagem (com a tela talagarça) ou uma cesta co…
Encaixe dos palitos de Picolé no pote com um furo




Alinhavo de canudinhos, miçangas ou macarrão




Jogo de Mosaico -peças pequenas de legos











Ferramentas para pintura - esponjas de formas diferentes e pincéis.
O ATO DE ESCREVER A MÃO É UM EXERCÍCIO PARA O CÉREBRO
A tecnologia está cada vez mais presente em nosso cotidiano. A maioria de nossos textos são produzidos via teclado, isso é bom ou é ruim? No Brasil já existem escolas que disponibilizam laptops aos alunos; mas, de acordo com a neurocientista Karin Harman...
Na metade do ano de 2011 alguns jornais anunciavam o fim da escrita cursiva na maioria das escolas dos EUA. Entretanto no início do ano (2012) a neurocientista Karin James Harman apresentou um projeto no sentido de conscientização de qual o papel da escrita no processo de aprendizagem.
Apesar de grande debate, Harman testemunhou a favor da inclusão da escrita cursiva nos currículos de todas as escolas públicas. Para a realização da pesquisa, as crianças escreviam cartas à mão e depois submetiam-se a uma ressonância magnética. Nestas, a atividade neural no cérebro mostrava-se mais avançada do que aquelas que digitavam no teclado. “A caligrafia envolve circuitos cerebrais diferentes …